Edição 100
10 Anos
Revista do Avisite
Revista do Ovo
Encartes Especiais
Aplicativos
Notícias
Clippings
Informativo Semanal
Informativo Diário
AviGuia
AviSite
OvoSite
Links
Trabalhos Técnicos
Vídeos
Agenda
Cobertura
Legislação
Banco de Currículos
Classificados
Fórum
Relatórios
Busca Avançada
Contato
Publicidades
Patrocinadores
Assine já
Sexta-feira, 22/09/2017
Siga-nos:
CLIPPINGS
São Paulo, SP, 16/05/2017 |

Austrália quer tecnologias agropecuárias do Governo do Estado de São Paulo



A Austrália quer construir parcerias com a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo para troca de experiências e tecnologias na agropecuária. Em reunião com delegação australiana na sede da Pasta, no dia 15 de maio, na Capital, o secretário Arnaldo Jardim destacou a similaridade entre o clima brasileiro e o australiano como um dos pontos positivos para o trabalho conjunto e agendou um novo encontro, na próxima sexta-feira, 19 de maio, paras continuar as discussões.

“As condições climáticas são muito similares, com certeza teremos uma parceria de sucesso, especialmente na ovinocultura. Fico muito feliz com a iniciativa do Consulado da Austrália e gostaria de agradecer em nome do nosso governador Geraldo Alckmin o interesse de vocês em nosso Estado”, ressaltou Arnaldo Jardim, que apresentou a estrutura da Secretaria e convidou a delegação a visitar os institutos de pesquisa para conhecer melhor as tecnologias do governo paulista.

Um dos trabalhos que mais chamou a atenção dos australianos foi o de genética bovina desenvolvido pelo Instituto de Zootecnia (IZ). “Foi um dos nossos principais interesses ao marcarmos esta reunião. Temos muito o que trocar entre os dois países”, contou Greg Wallis, cônsul-geral da Austrália no Brasil, completando que “na Austrália também temos muitos projetos nesta área, somos muito fortes neste campo”.

A delegação australiana quis saber também sobre as inciativas paulistas em sanidade vegetal desenvolvidas pelo Instituto Biológico (IB), como controle de pragas e doenças sem o uso de agroquímicos. Este será o tema de reunião na próxima sexta-feira entre pesquisadores do IB e o professor Andrew Robson.

Pesquisador da Escola de Ciência e Tecnologia, Agricultura de Precisão e Pesquisa da Universidade de New England, Robson desenvolve trabalhos em mapeamento de cana-de-açúcar e defesa vegetal em culturas como abacate, banana e macadâmia. “Tenho certeza de que será uma parceria muito boa para os dois países”, avaliou.

Facilitador

O intercâmbio conta com um passo já dado em maio de 2016, quando o Governo do Estado e a Embaixada da Austrália no Brasil assinaram protocolo de intenções para desenvolver projetos nas áreas de Educação, Gestão Hídrica, Cooperação Ambiental, Cooperação de Comércio e Investimentos e Intercâmbios Culturais.

“O acordo não prevê o intercâmbio para a Agricultura, mas ele pode ser reescrito, podemos fazer um adicional incluindo esta área”, explicou Ana Paula Fava, assessora especial para Assuntos Internacionais do Governo do Estado de São Paulo. “Esta é uma ótima chance. Estamos apenas começando uma caminhada. Depois desse diálogo fico ainda mais animado com o que podemos fazer em conjunto”, ressaltou Arnaldo Jardim.


Estiveram presentes, além do Secretário Jardim, Chris Cobb, gerente de Negócios de Agricultura do Consulado da Austrália; Cedric Gondro, professor da Universidade de New England; Hugh Nivison, diretor do Instituto de Pesquisa em Negócios da Agricultura; Michael Friend, diretor do Centro Graham para Inovação da Agricultura da Universidade Charles Sturt; Fernanda Borges Carrer, assessora especial para Assuntos Internacionais do governo paulista; e Alberto Amorim, assessor de Assuntos Internacionais da Secretaria de Agricultura.



Fonte: Secretaria de Agr. e Abast. de SP
Autor: Assessoria de Imprensa



Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!




CLIPPINGS MAIS LIDOS
5 dias
30 dias
ÚLTIMOS CLIPPINGS











NOSSOS PARCEIROS
REVISTA ONLINE
Receba as melhores informações sobre avicultura por e-mail.
Nome:
E-mail: