Edição 100
10 Anos
Revista do Avisite
Revista do Ovo
Encartes Especiais
Aplicativos
Notícias
Clippings
Informativo Semanal
Informativo Diário
AviGuia
AviSite
OvoSite
Links
Trabalhos Técnicos
Vídeos
Agenda
Cobertura
Legislação
Banco de Currículos
Classificados
Relatórios
Busca Avançada
Contato
Publicidades
Patrocinadores
Assine já
Domingo, 18/02/2018
Siga-nos:
Notícias Clippings Informativo Semanal Informativo Diário
NOTÍCIAS
VBP do ovo recuou quase 20% em 2017, aponta MAPA




Campinas, 19/01/2018 | 08:43

Fonte: AviSite | Autor: Redação

Para a Coordenadoria Geral de Estudos e Análises da Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, o valor bruto da produção (VBP) do ovo em 2017 retrocedeu para pouco mais de R$11 bilhões, valor que corresponde a uma queda de 19,22% sobre o VBP de 2016, ano em que foi registrado o melhor resultado histórico do setor.

Esse foi o terceiro recuo – porém, o mais significativo – enfrentado pelo setor em uma década. Os dois anteriores ocorreram em 2009 e 2010, mas tiveram pouca expressão e marcaram um período (2007/2010) em que o VBP do ovo permaneceu relativamente estável.

Bem mais relavante, o primeiro salto (+17,83% em relação ao ano anterior) ocorreu em 2011, sendo sucedido por outros três anos de ganhos igualmente expressivos. Tanto que, em 2014, o VBP do ovo acumulou aumento de 83% sobre 2010.

Em 2015 e 2016 esses incrementos foram mais moderados. Mas mesmo com um VBP menos de 8% superior ao do ano anterior, em 2016 o ovo neutralizou o brutal aumento de custos enfrentado com a carência no abastecimento de milho.

Parte desses ganhos se diluiu em 2017, sobretudo na segunda metade do período. Ainda assim, o ovo registrou, em uma década, incremento de quase 70% no VBP, índice que equivale a uma evolução média de mais de 5% ao ano.


Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!






NOTÍCIAS RELACIONADAS

NOTÍCIAS MAIS LIDAS
5 dias
30 dias
ÚLTIMAS NOTÍCIAS











NOSSOS PARCEIROS
REVISTA ONLINE
Receba as melhores informações sobre avicultura por e-mail.
Nome:
E-mail: