Edição 100
10 Anos
Revista do Avisite
Revista do Ovo
Encartes Especiais
Aplicativos
Notícias
Clippings
Informativo Semanal
Informativo Diário
AviGuia
AviSite
OvoSite
Links
Trabalhos Técnicos
Vídeos
Agenda
Cobertura
Legislação
Banco de Currículos
Classificados
Relatórios
Busca Avançada
Contato
Publicidades
Patrocinadores
Assine já
Domingo, 21/01/2018
Siga-nos:
Notícias Clippings Informativo Semanal Informativo Diário
NOTÍCIAS
Aves e ovos na inflação de 2017 segundo o IBGE




Campinas, 11/01/2018 | 08:38

Fonte: AviSite | Autor: Redação

Os dados divulgados ontem (10) pelo IBGE mostram que a inflação de 2017, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), ficou em 2,95%, resultado que corresponde a um recuo de 3,34 pontos percentuais em relação aos 6,29% de 2016. Esse foi, também, o menor índice de inflação em quase duas décadas, estando acima, apenas, do 1,65% registrado em 1998.

Analisados como produtos avícolas, aves e ovos, conjuntamente, atuaram incisivamente nos baixos índices de 2017. Pois, na média nacional, seus preços recuaram 5,08%. Além disso, em apenas uma das treze capitais pesquisadas pelo IBGE – Campo Grande – o ano foi encerrado com evolução positiva de preços. Mesmo assim, em nível marginal (acréscimo de apenas meio por cento) e inferior ao da inflação local e nacional.

Na realidade, porém (e a avicultura sabe disso), praticamente toda a contribuição veio da carne de frango. E, neste caso, a maior perda coube ao frango inteiro cujos preços, na média nacional, recuaram 8,67%, com retrocesso de até 17% (Vitória).

Com o frango em pedaços o recuo de preços foi ligeiramente menor (menos 5,13% na média nacional), mas com retrocessos também elevados (por exemplo, queda de mais de 14% em Belo Horizonte).

Já o ovo encerrou o exercício passado acumulando uma evolução de preço, em nível nacional, de 2,94% - portanto, ainda abaixo da inflação nacional. E, aqui, apenas três das treze capitais registraram preços inferiores aos de 2016: Porto Alegre, Curitiba e Salvador.

Em oito delas o aumento superou a inflação nacional, com pico de mais de 13% no Rio de Janeiro. Já no estado vizinho, São Paulo – maior produtor de ovos do País – o aumento observado foi inferior a meio por cento.


Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!






NOTÍCIAS RELACIONADAS

NOTÍCIAS MAIS LIDAS
5 dias
30 dias
ÚLTIMAS NOTÍCIAS











NOSSOS PARCEIROS
REVISTA ONLINE
Receba as melhores informações sobre avicultura por e-mail.
Nome:
E-mail: