Edição 100
10 Anos
Revista do Avisite
Revista do Ovo
Encartes Especiais
Aplicativos
Notícias
Clippings
Informativo Semanal
Informativo Diário
AviGuia
AviSite
OvoSite
Links
Trabalhos Técnicos
Vídeos
Agenda
Cobertura
Legislação
Banco de Currículos
Classificados
Relatórios
Busca Avançada
Contato
Publicidades
Patrocinadores
Assine já
Terça-feira, 21/11/2017
Siga-nos:
Notícias Clippings Informativo Semanal Informativo Diário
NOTÍCIAS
Desempenho do frango vivo na 1ª quinzena de julho




Campinas, 17/07/2017 | 08:30

Fonte: AviSite | Autor: Redação

Pelo quarto mês consecutivo, o frango vivo comercializado no interior paulista atravessou a primeira quinzena – isto é, o período de melhores negócios do mês – sem qualquer alteração na cotação vigente e sem que vislumbrasse qualquer alteração nos fundamentos de mercado. Ou seja: permaneceu com a mesma cotação – R$2,50/kg – vinda desde 31 de março passado e que, no encerramento da quinzena (15), chegou ao seu 107º dia.

À primeira vista, quem teve melhor desempenho na quinzena foi o frango vivo de Minas Gerais, que iniciou o mês cotado a R$2,10/kg e chegou ao dia 15 negociado por R$2,60/kg – valorização de quase 24%. Porém, como os ajustes obtidos vieram tardiamente, o preço médio da quinzena – da ordem de R$2,38/kg – continuou aquém do registrado em São Paulo.

É verdade que, com esses ajustes, o produto mineiro registra no momento ganho mensal de 18,18%, enquanto para os paulistas o ganho continua em “zero”. Mas, no frigir dos ovos, as perdas enfrentadas pelas duas praças são muito similares entre si. Pois São Paulo e Minas registram valores 15,25% e 16,13% menores que os de um ano atrás, enquanto em relação ao último preço de 2016 as quedas estão em, respectivamente, 16,67% e 17,46%.

Uma vez que, pelos levantamentos da Embrapa Suinos e Aves, o custo de produção do frango vem sendo cerca de um quarto menor que o alcançado há um ano, será lógico concluir que, apesar da remuneração menor, o avicultor continua levando vantagem.

O detalhe negativo, neste caso, é que – comparativamente ao observado dois anos atrás – o atual custo é pelo menos 2% superior, enquanto o frango vivo segue com preço inferior. Em 15 de julho de 2015, por exemplo, São Paulo operava a R$2,65/kg e Minas Gerais a R$2,75/kg.


Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!






NOTÍCIAS RELACIONADAS

NOTÍCIAS MAIS LIDAS
5 dias
30 dias
ÚLTIMAS NOTÍCIAS











NOSSOS PARCEIROS
REVISTA ONLINE
Receba as melhores informações sobre avicultura por e-mail.
Nome:
E-mail: