Edição 100
10 Anos
Revista do Avisite
Revista do Ovo
Encartes Especiais
Aplicativos
Notícias
Clippings
Informativo Semanal
Informativo Diário
AviGuia
AviSite
OvoSite
Links
Trabalhos Técnicos
Vídeos
Agenda
Cobertura
Legislação
Banco de Currículos
Classificados
Fórum
Relatórios
Busca Avançada
Contato
Publicidades
Patrocinadores
Assine já
Quinta-feira, 17/08/2017
Siga-nos:
Notícias Clippings Informativo Semanal Informativo Diário
NOTÍCIAS
Receita da carne de frango aumentou 22% no 1º trimestre




Campinas, 12/04/2017 | 08:14

Fonte: AviSite | Autor: Redação

Deveria ser mais. Ainda assim, o resultado final pode ser considerado excelente. Pena, somente, que prevaleça o risco de o desempenho do primeiro trimestre não se repetir nos trimestres subsequentes de 2017.

Acumulando embarques que somaram 1,055 milhão de toneladas, as exportações brasileiras de carne de frango – aqui considerados os quatro principais itens exportados: cortes, frango inteiro, carne salgada e industrializados – tiveram expansão de apenas 3% no primeiro trimestre de 2017.

Porém, como ocorreu incisiva recuperação nos preços dos dois principais itens exportados – cortes e frango inteiro – a receita do período, próxima de US$1,8 bilhão, apresentou crescimento excepcional, de 22%.

Notar, de toda forma, que o alto índice de expansão se resume ao trimestre. Assim, o acumulado nos 12 meses encerrados em março de 2017 aponta estabilidade no volume embarcado (incremento de apenas 0,04% ou menos de 2 mil toneladas a mais) e incremento de apenas 1,61% na receita cambial comparativamente aos 12 meses anteriores.

Notar, ainda, que os índices de incremento na receita mensal (em relação ao mesmo mês do ano anterior) decresceram com o avançar do ano. O de janeiro apresentou expansão de 33,56% sobre janeiro/16. Em fevereiro esse índice recuou para 23,95%. E em março ficou em 11,70%.

O recuo ocorrido em fevereiro é até justificável, pois, ano bissexto, fevereiro de 2016 teve um dia útil a mais que em 2017. Não, porém, o registrado em março passado – sobretudo porque tivemos, neste ano, um dia útil a mais que em 2016. Culpa, sem dúvida, de uma até agora inexplicada ação contra as carnes brasileiras.


Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!






NOTÍCIAS RELACIONADAS

NOTÍCIAS MAIS LIDAS
5 dias
30 dias
ÚLTIMAS NOTÍCIAS











NOSSOS PARCEIROS
Receba as melhores informações sobre avicultura por e-mail.
Nome:
E-mail:
REVISTA ONLINE