Edição 100
10 Anos
Revista do Avisite
Revista do Ovo
Encartes Especiais
Aplicativos
Notícias
Clippings
Informativo Semanal
Informativo Diário
AviGuia
AviSite
OvoSite
Links
Trabalhos Técnicos
Vídeos
Agenda
Cobertura
Legislação
Banco de Currículos
Classificados
Relatórios
Busca Avançada
Contato
Publicidades
Patrocinadores
Assine já
Domingo, 21/01/2018
Siga-nos:
Notícias Clippings Informativo Semanal Informativo Diário
NOTÍCIAS
Melaço na dieta das aves. É possível?




Campinas - SP, 03/09/2013 | 09:43

Fonte: AviSite | Autor: Redação

O melaço é muito usado em dietas para ruminantes e, um pouco menos, em dietas para suínos. Mas, quando quantidade e preço são favoráveis é possível pensar neste ingrediente para a nutrição de aves.

Melaço é um subproduto da indústria do açúcar e pode vir da cana-de-açúcar ou da beterraba. É um produto viscoso, semi líquido e precisa de aquecimento durante os dias frios para não perder a sua viscosidade.

Alguns nutricionistas consideram o melaço como um aperitivo (contém 50% de sacarose), mas este, provavelmente, não é o caso da avicultura, onde a percepção do paladar é mais influenciada pela textura. No entanto, ao adicionar-se 2% de melaço em qualquer ração para aves pode ajudar a aumentar a qualidade do pellet, a reduzir o consumo de ração e, talvez, reduzir o custo da alimentação, embora muito timidamente. Se o consumo de ração for notadamente elevado, então o melaço precisa ser revisto na utilização da ração, já que este não é um efeito adequado para a avicultura.

Se for adicionado mais que 2% (e até 6%) de melaço na ração, não haverá problemas, já que o ingrediente é absorvido pelo organismo das aves. Porém, isto poderá ocasionar um aumento no consumo de água, uma vez que o melaço é rico em potássio (isto dependerá do balanço de eletrólitos na dieta), e também no aumento de umidade na cama.

É preciso ter em mente que a qualidade protéica do melaço é baixa.

Normalmente, um nível moderado de 4% é recomendado por conta de todos os motivos acima apresentados, supondo que as qualidades do melaço sejam aceitas na avicultura.

Artigo de Ioannis Mavromichalis, PhD, consultor em Nutrição animal.
Texto originalmente pubicado no portal Wattagnet.





Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!






NOTÍCIAS RELACIONADAS

NOTÍCIAS MAIS LIDAS
5 dias
30 dias
ÚLTIMAS NOTÍCIAS











NOSSOS PARCEIROS
REVISTA ONLINE
Receba as melhores informações sobre avicultura por e-mail.
Nome:
E-mail: