Edição 100
10 Anos
Revista do Avisite
Revista do Ovo
Encartes Especiais
Aplicativos
Notícias
Clippings
Informativo Semanal
Informativo Diário
AviGuia
AviSite
OvoSite
Links
Trabalhos Técnicos
Vídeos
Agenda
Cobertura
Legislação
Banco de Currículos
Classificados
Fórum
Relatórios
Busca Avançada
Contato
Publicidades
Patrocinadores
Assine já
Quarta-feira, 16/08/2017
Siga-nos:
ESTATÍSTICAS & PREÇOS

Exportação de Carne de Frango
(Inclui, a partir de 2005, industrializados) em mil ton

20132014201520162017
JAN290,5299,8271,0311,0355,0
FEV291,1289,5296,4314,6325,4
MAR319,7318,1343,0398,0374,6
ABR339,5352,1330,0412,8317,7
MAI343,5346,6322,2385,6344,7
JUN305,9296,3389,3406,3
JUL339,1371,2440,5356,2
AGO333,3332,1375,2357,3
SET302,0359,2361,0380,5
OUT355,5362,2324,1308,1
NOV347,7327,4379,7321,5
DEZ324,0340,7392,7356,9
TOTAL3.891,73.995,24.225,14.308,61.717,3

Frango: exportação aquém da média dos últimos 12 meses

Os dados consolidados da SECEX/MDIC englobando cortes, frango inteiro, carne salgada e industrializados apontam que em maio passado foram exportadas 344.662 toneladas de carne, 2,5% a menos que o volume médio registrado nos 12 meses anteriores. E embora tenha aumentado cerca de 8,5% em relação a abril/17, mês mais curto, o total embarcado neste último maio ficou 10,61% abaixo do registrado no mesmo mês de 2016. 

Com o retrocesso no volume, a receita – que após três meses sucessivos de resultados positivos voltou a ficar negativa em relação ao ano anterior – continuou inferior pelo segundo mês consecutivo, recuando 2,6% em comparação a maio do ano passado.

Graças, sobretudo, a uma substancial melhora do preço médio nos meses iniciais do ano, a receita cambial acumulada entre janeiro e maio de 2017 permanece quase 9% maior que a registrada no mesmo período de 2016 (embora ainda seja inferior às registradas entre janeiro e maio de 2013 e 2014). Contudo, o ganho na receita não se repete no volume, agora quase 6% menor que o registrado nos cinco primeiros meses de 2016.

Supondo-se que os embarques médios até agora registrados – cerca de 343,5 mil toneladas mensais – sejam mantidos no restante do ano, o volume anual ficará em torno de 4,120 milhões de toneladas, recuando pouco mais de 4% em relação ao ano passado.

Por ora, no entanto, o índice de redução no acumulado dos últimos 12 meses é ligeiramente maior. Pois o volume exportado entre junho de 2016 e maio de 2017, pouco superior a 4,2 milhões de toneladas, é 6,25% inferior ao registrado em idêntico período anterior. 

De toda forma é oportuno registrar que os pouco mais de 4.484 milhões de toneladas alcançados no ano passado, nos 12 meses encerrados em maio de 2016, corresponderam ao segundo maior volume já registrado na história das exportações brasileiras de carne de frango.

Fonte: Aliceweb-secex-mdic
Frango - Estatísticas
Frango - Cotações
Ovo - Estatísticas
Ovo - Cotações
Receba as melhores informações sobre avicultura por e-mail.
Nome:
E-mail:
REVISTA ONLINE